Arcebispo de Canterbury escreve a todos os bispos anglicanos antes da conversa sobre dignidade humana do dia

Postado em agosto 2, 2022
Arcebispo de Canterbuy

O arcebispo de Canterbury Justin Welby lidera a primeira exposição da Bíblia na Conferência de Bispos Anglicanos de Lambeth em 30 de julho na Universidade de Kent em Canterbury, Inglaterra. Foto: Conferência de Lambeth

[Escritório do Arcebispo de Cantuária] O arcebispo de Canterbury Justin Welby enviou uma carta em 2 de agosto a todos os bispos da Comunhão Anglicana antes da discussão da Conferência de Lambeth sobre o Chamado de Lambeth pela Dignidade Humana.

A cobertura da ENS sobre a história à medida que ela se desenrola se seguirá.

A íntegra da carta está aqui:


2nd agosto 2022

Queridas irmãs e irmãos em Cristo,

Conferência de Lambeth 2022: A Igreja de Deus para o Mundo de Deus – Ouvindo, caminhando e testemunhando juntos

À medida que a Conferência de Lambeth continua, agradeço a Deus por nosso tempo juntos, online e pessoalmente, e expresso novamente minha tristeza por nem todos os bispos e cônjuges anglicanos estarem participando. Acima de tudo, sinto que este encontro está afirmando que pertencemos uns aos outros em Jesus Cristo e que, como anglicanos, somos chamados a compartilhar suas Boas Novas com um mundo necessitado – em uma grande diversidade de culturas e contextos. Que o Espírito Santo de Deus nos inspire e nos capacite a compartilhar o amor de Cristo com todos aqueles a quem somos chamados a servir nos anos desafiadores que virão.

Eu queria escrever esta carta para você agora para que eu possa esclarecer duas questões para todos nós. Dadas as profundas diferenças que existem dentro da Comunhão sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo e a sexualidade humana, achei importante estabelecer qual é o caso. Escrevo, portanto, para afirmar que a validade da resolução aprovada na Lambeth Conference 1998, 1:10 não está em dúvida e que toda a resolução ainda existe. De fato, o Apelo à Dignidade Humana deixou claro que este é o caso, pois a resolução é citada três vezes no parágrafo 2.3 do Apelo à Dignidade Humana.

O Chamado afirma que muitas Províncias – e acho que precisamos reconhecer que é a maioria – continuam afirmando que o casamento entre pessoas do mesmo sexo não é permitido. A chamada também afirma que outras províncias abençoaram e acolheram a união/casamento do mesmo sexo, após cuidadosa reflexão teológica e um processo de acolhimento.

Dessa forma, o Chamado afirma a realidade da vida na Comunhão hoje. Não há menção de sanções, ou exclusão, em 1.10 de 1998. Há muitas menções ao cuidado pastoral. Temos uma pluralidade de pontos de vista. Como Lambeth 1.10 também afirma: “todos os batizados, crentes e fiéis, independentemente da orientação sexual, são membros plenos do Corpo de Cristo” e devem ser acolhidos, cuidados e tratados com respeito (I.10, 1998).

O que também está claro é que o próprio Lambeth 1.10 continua sendo uma fonte de dor, ansiedade e discórdia entre nós. Isso ficou muito claro ao longo desta Conferência de Lambeth. Isso também faz parte da realidade atual da nossa Comunhão. Ser reconciliados uns com os outros através de tais divisões não é algo que possamos alcançar por nós mesmos. É por isso que, enquanto continuamos a refletir sobre 1 Pedro, rezo para que voltemos nosso olhar para Cristo, o único que tem o poder de nos reconciliar com Deus e uns com os outros.

É claro que há muito mais sobre o que refletir depois da Conferência e escreverei a todos novamente depois de ter tido a oportunidade de refletir mais. Por enquanto, sobre este assunto em que estamos tão divididos, quero repetir uma frase do Chamado: “Como Bispos, continuamos comprometidos em ouvir e caminhar juntos o máximo possível, apesar de nosso profundo desacordo sobre essas questões”.

Sejamos abundantes em amor por todos, pois nossos irmãos e irmãs nunca são nossos inimigos. Concentremo-nos sobretudo nas grandes questões – que discutimos com muita energia – de ser a Igreja de Deus para o mundo de Deus, servindo com humildade e graça e trazendo glória àquele que quando ainda éramos pecadores morreu por nós (Romanos 5:8). ).

Seu irmão em Cristo

+Justin Cantuar:


Tags