Bispo da Pensilvânia revela surto de COVID-19 entre participantes da conferência do clero

Por David Paulsen
Postado em maio 4, 2022

[Serviço de Notícias Episcopais] Pelo menos 41 membros do clero na Diocese da Pensilvânia deram positivo para COVID-19 depois de participar de uma conferência do clero na semana passada, revelou o bispo Daniel Gutiérrez em 3 de maio em uma carta à diocese da Filadélfia.

A conferência presencial foi realizada de 25 a 27 de abril em Cape May, Nova Jersey, e cerca de 150 membros do clero compareceram, incluindo o bispo. Foi a primeira conferência desse tipo realizada pela diocese desde o início da pandemia em março de 2020, disse Gutiérrez.

“Foi um momento alegre com um orador convidado vibrante”, disse Gutiérrez. “Nosso comitê de planejamento da conferência tomou grandes medidas para garantir que as precauções de segurança estivessem em vigor para os participantes da conferência. Os participantes foram obrigados a ser vacinados e incentivados a comparecer e foram incentivados a mascarar se assim o desejassem”.

Em 28 de abril, quatro participantes informaram à diocese que haviam testado positivo para o coronavírus. A diocese respondeu informando a todos os participantes que eles podem ter sido expostos, e mais clérigos relataram testes positivos.

“Liguei para cada pessoa que me notificou de um teste positivo e, felizmente, todos relataram sintomas leves, sem necessidade de hospitalização”, disse Gutiérrez. “Os clérigos afetados foram instruídos a não liderar o culto no domingo passado e fornecemos apoio à sua congregação quando necessário”.

Gutiérrez observou que o surto reflete as tendências da região, onde os casos de coronavírus estão aumentando. As 135 igrejas da diocese estão localizadas no canto sudeste do estado. Apesar de um aumento nos casos no último mês, as hospitalizações e mortes permaneceram baixas e são muito menores do que os números vistos em todo o país durante o surto de inverno no COVID-19 relacionado à variante omicron.

“À medida que o vírus se tornar mais endêmico, continuaremos a ver casos mesmo quando os protocolos estiverem em vigor e as pessoas estiverem com as vacinas atualizadas”, disse Gutiérrez. “Como há novos desenvolvimentos médicos, continuaremos atualizando nossos protocolos e apoiando nossas igrejas para que possamos continuar a adorar e nos reunir com a maior segurança possível.

“Infelizmente, esta doença vai ficar conosco por um tempo. Unidos em Jesus Cristo, como um povo e uma diocese, continuaremos a enfrentar o desafio”.

A notícia do surto entre o clero da Pensilvânia vem depois que pelo menos quatro membros do Conselho Executivo, incluindo o Rev. Gay Clark Jennings, presidente da Câmara dos Deputados, testado positivo para o coronavírus após a reunião do corpo diretivo de 20 a 23 de abril em San Juan, Porto Rico.

Todos os membros presentes na reunião do Conselho Executivo foram obrigados a apresentar comprovante de vacinação no momento do registro. Um requisito semelhante estará em vigor para bispos, deputados e todos os outros participantes da 80ªth Convenção Geral de 7 a 14 de julho em Baltimore, Maryland, e precauções adicionais estão sendo consideradas.

- David Paulsen é editor e repórter do Episcopal News Service. Ele pode ser encontrado em dpaulsen@episcopalchurch.org.


Tags