Anglicanos da Nova Zelândia reciclam papel alumínio usado em cobertores de sobrevivência para moradores de rua

Por Julanne Clarke-Morris
Postado 14 de fevereiro de 2022

[Anglican Taonga (Igreja Anglicana em Aotearoa, Nova Zelândia e Polinésia)] A anglicana de Auckland Terrena Griffiths está incentivando as igrejas a se envolverem em um novo projeto que ela lançou para Aotearoa Nova Zelândia durante o bloqueio de setembro de 2021.

Conhecido como Chip Packet Project NZ (CPPNZ), a organização nacional que Terrena coordena é modelada no Chip Packet Project do Reino Unido, iniciado pelo artista Pen Huston, de Hastings. Preocupada com as notícias de pessoas morrendo de exposição nas ruas do Reino Unido, Huston descobriu que poderia fazer cobertores de sobrevivência para proteger as pessoas que dormem na rua, fundindo pacotes de chips revestidos de papel alumínio lavados e achatados.

Hoje sua organização cresceu para fornecer o serviço de saco de sobrevivência em várias cidades do Reino Unido.

Em Aotearoa, os voluntários aceitaram o desafio de reciclar plástico bolha usado e embalagens descartáveis ​​revestidas de papel alumínio dos pacotes revestidos de papel alumínio de batatas fritas, nachos ou biscoitos e fundi-los para fazer capas de sacos de dormir de sobrevivência. As ferramentas que eles usam são simples: um ferro, um pouco de papel manteiga e uma tábua de pão.

Uma vez que os pacotes achatados e fundidos são presos a uma folha maior de plástico, eles podem ser usados ​​como cobertores de sobrevivência, travesseiros ou lençóis de chão para ajudar a proteger as pessoas que dormem ao ar livre.

Leia o artigo inteiro aqui.


Tags