Bispo Presidente: Declaração de apoio à defesa do povo da Reserva Sioux de Standing Rock

Postado em agosto 25, 2016

[Comunicado à imprensa do Escritório de Relações Públicas da Igreja Episcopal] O Bispo Presidente Michael Curry emitiu a seguinte declaração em apoio à defesa do povo da Reserva Standing Rock Sioux.


“A água é um presente do criador, respeite-a e proteja-a.” Fiquei profundamente comovido com essas palavras impressas na placa de uma pessoa em pé com centenas de outras para proteger o rio Missouri. Na Igreja Episcopal, quando batizamos um novo seguidor de Jesus Cristo, oramos essas palavras sobre a água do batismo. “Nós te agradecemos, Deus Todo-Poderoso, pela dádiva da água.” Em seguida, lembramos como Deus usou a água para abençoar seu povo na Bíblia, desde a história da criação em Gênesis, a emancipação dos escravos hebreus em Êxodo, até o batismo do Senhor Jesus no rio Jordão. Na verdade, “A água é um presente do criador.” Para sustentá-lo e protegê-lo é "salvaguardar a integridade de de Deus criação ”, e, portanto, para proteger as formas de vida humanas e outras criadas por Deus Todo-Poderoso. Esse trabalho garante nosso apoio total e fervoroso.

O povo da Reserva Standing Rock Sioux, solidário com centenas de outras nações indígenas e aliados, está nos chamando novamente para respeitar e proteger este dom sagrado de Deus e, assim fazendo, respeitar e proteger o dom de Deus da vida humana. Ao protestar contra a construção do Duto de Acesso Dakota, eles reconhecem a dádiva da água a todos nós, uma dádiva dada a nós por nosso Criador. Os Sioux nos lembram “mni wiconi” ou “água é vida”. Este recurso dado por Deus percorre nossos rios poderosos e nossas veias humanas, trabalhando para renovar e revigorar toda a criação.

Somos chamados a fazer nossa parte para exortar os tomadores de decisão a reconhecer e honrar os esforços para proteger a água sagrada e cemitérios ameaçados pelo Oleoduto de Acesso de Dakota. O Oleoduto, se concluído, se estenderia por mais de mil milhas e transportaria 540,000 barris de petróleo bruto por cemitérios sagrados de Dakota do Norte todos os dias. Uma ruptura em sua infraestrutura poderia causar estragos incalculáveis ​​aos Sioux e poluir catastroficamente o Rio Missouri, um tributário sagrado do qual o povo Sioux depende para sua água diária.

Estou com o povo de Standing Rock em seus esforços para respeitar e proteger o Rio Missouri. Sabemos que o direito à água potável é um direito humano reconhecido internacionalmente e que muitas vezes as comunidades indígenas, outras pessoas de cor e nossas comunidades mais vulneráveis ​​em todo o mundo são as que correm maior risco de perder o acesso à água potável. À medida que nos juntamos ao povo de Standing Rock, também reconhecemos que sua posição é aquela que une a luta pela justiça racial e reconciliação com a justiça climática e o cuidado com a criação de Deus como uma questão de mordomia.

Essa postura de homens, mulheres e crianças também é um momento importante na vida dos indígenas. Os esforços de defesa do povo Sioux para proteger o rio Missouri e os cemitérios sagrados ameaçados pelo oleoduto são verdadeiramente históricos. Os líderes do Standing Rock observam que já se passaram mais de 140 anos desde que esse chamado unificado por respeito e justiça foi feito. A Igreja Episcopal tem um longo histórico de defesa de que governos, empresas e outros atores sociais respeitem os direitos dos povos indígenas. Ao lado de nossos irmãos e irmãs Sioux, continuamos esse legado hoje.

O povo da Reserva Sioux de Standing Rock está nos chamando agora para estarmos com os povos nativos, não apenas por causa deles, mas por causa da criação de Deus, por causa de toda a família humana e pelos filhos e gerações de crianças ainda por nascer . O lendário Touro Sentado Chefe Sioux nos lembra: “Vamos unir nossas mentes e ver que vida podemos criar para nossos filhos”. Existe a necessidade urgente deste chamado.

Portanto, embora não possamos todos estar fisicamente no Acampamento das Pedras Sagradas hoje, vamos manter, tanto na palavra falada quanto na oração silenciosa, as aspirações do povo Sioux e exortar nossos legisladores a proteger e administrar responsavelmente nossa água, o dom sagrado de Deus que sustenta a todos nós.

+ Michael B. Curry
Bispo Presidente e Primaz
Igreja Episcopal


Tags