Bispo do norte da Califórnia responde às decisões da Suprema Corte

Publicado em Jun 27, 2013

[Comunicado à imprensa da Diocese Episcopal do Norte da Califórnia] Quando o Tribunal de Apelações do Nono Circuito agir em resposta à decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos hoje, os casamentos do mesmo sexo serão mais uma vez legalmente possíveis na Califórnia. Nosso estado então retomaria sua posição com um número crescente de estados que estendem o direito do casamento a todos os seus cidadãos. Como você sabe, sou abertamente a favor da restauração de tais direitos, que considero uma questão de direitos civis básicos. Estou, portanto, entre aqueles que se alegram com esta decisão, como sei que muitos de vocês fazem. Também estou ciente de que outras pessoas entre nós podem ter opiniões diferentes sobre esse assunto, especialmente no que diz respeito à igualdade do casamento na Igreja. Que Deus nos ajude a ter um ao outro no respeito e no amor a que nos comprometemos nas promessas do Santo Baptismo.

Pessoalmente, também sou a favor da igualdade para o casamento pleno na Igreja e continuo a ter esperança por isso. No entanto, entendo e aprecio que há muito trabalho a ser feito antes do dia em que nossa Convenção Geral emendar seus cânones e liturgias para tornar o casamento entre pessoas do mesmo sexo possível em nossa Igreja. Enquanto isso, os casais do mesmo sexo nesta diocese que estão preparados para se casar aos olhos do Estado e que pretendem fazer uma aliança fiel e duradoura com Deus, podem ter seus casamentos civis abençoados na Igreja. Como sempre, a decisão de envolver-se pastoralmente depende de cada clérigo. Os clérigos que escolherem oficiar para tal serviço estarão agindo como agentes do estado para fins de casamento e como clérigos da Igreja para a bênção. Ritos aprovados, apropriadamente adaptados (não incluindo liturgias do Livro de Oração Comum), foram autorizados. Detalhes completos sobre políticas e procedimentos serão publicados nas próximas semanas. Estes serão semelhantes aos materiais atuais disponíveis em o site da Diocese Episcopal de Maine.

Mais uma vez, peço que continuemos a nos abraçar no respeito pelo batismo, à medida que avançamos para esta nova era em nossa vida juntos. Que Deus o abençoe e guie, ao considerar sua própria resposta a essa mudança. E que esta Diocese seja capacitada pelo Espírito Santo para abraçar o dom da unidade de Deus, para se concentrar na sua missão e seguir em frente, em Nome de Cristo.


Tags