Mary Frances Schjonberg recebeu medalha na Câmara dos Deputados

Câmara dos Deputados
Publicado em Jun 13, 2019

O presidente da Câmara dos Deputados, Gay Clark Jennings, entrega a medalha da Câmara dos Deputados a Mary Frances Schjonberg no Conselho Executivo. Foto: Kirk Petersen / The Living Church

Mary Frances Schjonberg, editora sênior e repórter do Episcopal News Service, foi premiada com a medalha da Câmara dos Deputados em 10 de junho pelo Rev. Gay Clark Jennings, presidente da Câmara dos Deputados da Igreja Episcopal. Schjonberg, jornalista com mais de 40 anos de experiência, se aposentará em 1º de julho.

Ao apresentar o prêmio durante a sessão de abertura da reunião do Conselho Executivo da Igreja em Linthicum Heights, Maryland, Jennings disse, os padrões jornalísticos e integridade de Schjonberg "estabelecem um padrão não apenas para todos os outros jornalistas, tanto dentro como fora da igreja, mas para todos de nós, cujo trabalho é governar a igreja e tornar esse governo transparente.

“Ela sempre - sempre - defendeu e, às vezes, quando foi necessário, lutou por transparência na governança. Mesmo quando era impopular. Mesmo quando havia um custo para ela. Todos nós devemos a ela considerável gratidão por seus padrões intransigentes. ”

Jennings elogiou o compromisso de Schjonberg com relatórios equilibrados e abrangentes. “Posso dizer que uma das razões pelas quais suas histórias são tão boas é que ela faz perguntas perspicazes, sai do seu caminho para falar com as pessoas de todos os lados de uma questão e procura pessoas que não são apenas comuns suspeitos ”, disse ela. "Como suspeito de sempre, estou particularmente grato por isso."

Schjonberg, que foi ordenado sacerdote em 2001, juntou-se ao Episcopal News Service em 2005. Suas reportagens incluíram a eleição e os mandatos do Bispo Presidente Katharine Jefferts Schori e do Bispo Presidente Michael Curry, a história da eleição e episcopado do Bispo Gene Robinson, e da Igreja avançar em direção à inclusão total de pessoas LGBTQ Quando sua aposentadoria foi anunciada, Schjonberg disse: “Tive a bênção de ter o que todos os jornalistas esperam: a chance de testemunhar a história e poder escrever sobre ela”.

Após a aposentadoria, Schjonberg e sua esposa, Sharon Babb, continuarão a morar na costa de Nova Jersey, onde ela se dedicará a escrever freelance e fornecer pregação.

Jennings, que foi eleito pela primeira vez na 77ª Convenção Geral em 2012, estabeleceu a medalha em outubro daquele ano para homenagear clérigos e leigos que prestaram serviços ilustres à Câmara dos Deputados e à Igreja Episcopal.

A Convenção Geral trienal é o órgão governante da Igreja Episcopal e inclui a Câmara dos Bispos e a Câmara dos Deputados.


Tags