O suficiente! Uma declaração do Bispo de Michigan Wendell Gibbs

Devemos nos esforçar por algo melhor à luz de vários atos de violência recentes

Postado Jul 9, 2016

“Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de toda a tua mente; e seu vizinho como você ... e quem é meu vizinho? ” (do capítulo 10 do Evangelho de Lucas)

Ele disse a você, ó mortal, o que é bom; e o que o Senhor exige de você, a não ser que faça justiça, ame a bondade e ande humildemente com seu Deus? (Miquéias 6: 8)

Escrevo para você hoje, olhando para a tela do meu computador com os olhos cheios de lágrimas. Meu coração dói; Estou com raiva, estou com medo; minha própria alma grita: BASTANTE !!! Os filhos de Deus estão sendo mortos! São negros, são oficiais juramentados da lei, são pais e irmãos e familiares queridos; todos eles são amados por Deus! O SUFICIENTE!

Somos uma nação que abraçou suas liberdades com tanta força que agora estamos sufocando a liberdade uns dos outros. Somos uma nação que valoriza o direito à liberdade de expressão a tal ponto que a retórica belicosa de hoje incita os menos ponderados a agir e reagir com violência por causa das palavras de ódio e intolerância que alguém profere. Nós nos tornamos uma nação que perdeu a paciência com aqueles que diferem de nós a tal ponto que a eliminação da diferença é preferível a amar o nosso próximo. O SUFICIENTE!

No Evangelho deste domingo, mais uma vez, recebemos uma lição sobre como reconhecer e valorizar o próximo: “aquele que mostrou misericórdia”. Misericórdia, uma palavra que muitas vezes também é traduzida como 'bondade'. Bondade e misericórdia são atributos de Deus; são qualidades desejáveis ​​para a humanidade, embora encontradas de maneira inconsistente. Como afirmou o presidente Obama, “pessoas de boa vontade podem fazer melhor”. Eu sugiro: devemos fazer melhor se quisermos reivindicar o bem que Deus requer de nós.

O SUFICIENTE! Quanto tempo mais antes que todos possamos viver em uma nação onde não seremos “julgados pela cor de [nossa] pele, mas pelo conteúdo de [nosso] caráter”. (Martin Luther King, Jr.) BASTANTE!

Oremos.

Ó Deus, você nos fez à sua imagem e nos redimiu
por meio de Jesus seu filho: olhe com compaixão para o todo
família humana; tira a arrogância e o ódio que
infectar nossos corações; derrubar as paredes que nos separam;
nos une em laços de amor; e trabalhar através de nossa luta e
confusão para cumprir seus propósitos na terra; que, em
seu bom tempo, todas as nações e raças podem atendê-lo em
harmonia em torno de seu trono celestial; através de jesus cristo
nosso Senhor. Um homem. (Livro de Oração Comum, página 815)

O Rt. Rev. Wendell N. Gibbs Jr.
10º Bispo, Diocese Episcopal de Michigan


Tags