Bispo de Nova York em DOMA e Prop 8

Publicado em Jun 26, 2013

[Diocese de Nova York] Como todo o mundo sabe, hoje a Suprema Corte tomou duas decisões históricas relacionadas aos direitos legais e posição daqueles na comunidade LGBT, revogando a Lei federal de Defesa do Casamento e negando provimento ao recurso contra a decisão do tribunal inferior em Califórnia, que prevê o casamento entre pessoas do mesmo sexo nesse estado. Nos anais da luta pelos direitos civis e humanos, e pelo reconhecimento da igualdade de todas as pessoas, o hoje será lembrado como um marco de justiça e retidão. Em nome da Diocese de Nova York, uno-me àqueles que trabalharam tanto por tanto tempo para garantir os direitos dos casais de gays e lésbicas na celebração dessas decisões importantes e do que elas significarão. Estou confiante de que chegará o dia em que a igualdade no casamento se tornará a lei em toda a América, e tenho certeza de que os eventos de hoje, nossos dias, irão promover a busca por esses fins justos.

Certamente, para casais do mesmo sexo em nosso próprio estado e diocese, a abolição da DOMA abre caminho para a quebra das barreiras finais à plena igualdade e liberdade para os casais do mesmo sexo. Estou orgulhoso de que, de várias maneiras, esta diocese tenha dado seu testemunho de que tal igualdade é verdadeiramente de Deus, e falo por toda a nossa comunidade ao oferecer nossos agradecimentos hoje à Suprema Corte dos Estados Unidos, e àqueles que pressionaram incansavelmente o caso antes dela. tribunal, e oferecemos nossos parabéns e votos de boa sorte a todos aqueles cujas vidas serão ampliadas e abençoadas pelos acontecimentos deste dia.

O reverendo certo Andrew ML Dietsche
Bispo de nova iorque


Tags