Arcebispo de Canterbury passa tempo com refugiados ucranianos na Romênia

14 de março de 2023

[Arcebispo de Canterbury] O Arcebispo de Canterbury, Justin Welby, tem escutado e passado tempo com os refugiados ucranianos que estão sendo apoiados pelo Centro de Apoio à Comunidade de Refugiados do ACNUR na Romênia.

A visita de Welby em 13 de março ao centro de refugiados em Bucareste faz parte de uma viagem a três cidades que Welby está fazendo esta semana. Ele também está visitando Istambul, na Turquia, e Chisinau, na Moldávia. Nas três cidades, Welby está tendo reuniões com líderes religiosos ortodoxos, cristãos e judeus para discutir questões de interesse comum, particularmente o impacto da guerra na Ucrânia nesses três países da região.

Em Bucareste, as Nações Unidas trabalham com outras organizações, como o Exército de Salvação e a Visão Mundial, para ajudar centenas de refugiados com moradia, educação e conselhos práticos, além de dar-lhes apoio pastoral. Em sua visita ao acampamento, o arcebispo também viu como funcionava o banco de alimentos e roupas.

Em Bucareste, em 14 de março, Welby conheceu o Patriarca Daniel da Igreja Ortodoxa Romena, o rabino-chefe da Romênia, funcionários do governo romeno e a família real romena. À tarde, ele estava programado para estar com o Rev. Nevsky Everett e membros da congregação da Igreja da Ressurreição. Ele também está passando um tempo com membros da comunidade cigana.

Depois da Romênia, o Arcebispo Welby viaja para a Moldávia na noite de 15 de março. Será sua primeira visita ao país e ele encontrará Sua Eminência o Padre Metropolitano Petru, arcebispo de Chisinau, metropolita da Bessarábia e exarca das Planícies.

No último fim de semana, Welby esteve na Turquia e participou de um serviço memorial para o Metropolita John Zizioulas; encontrou-se com o Arcebispo de Constantinopla Bartolomeu; pregou na Igreja Anglicana de Cristo e participou de uma missa de celebração pelo 10º aniversário da eleição do Papa Francisco, católico romano.

“Esta é uma viagem em que estou ouvindo e aprendendo com os líderes da Igreja Ortodoxa Oriental e outros sobre suas preocupações com a região e a instabilidade em suas fronteiras”, disse Welby. ” estou me juntando a eles em oração pela paz na Ucrânia e nossa esperança de um futuro melhor.

“A visita de ontem às famílias ucranianas deslocadas pela guerra me permitiu ver por mim mesmo o trabalho que o ACNUR está fazendo para apoiá-los. Duas coisas me impressionaram: a dignidade com que as pessoas são tratadas aqui e a generosidade do povo romeno. Foi comovente. Foi um privilégio conhecer refugiados ucranianos, ouvir suas histórias e conhecer as pessoas que estão trabalhando com eles para criar um porto seguro.

“Também foi um grande prazer, como sempre, passar um tempo com as capelanias e suas congregações na Diocese da Europa.”


Tags