Jerry Pillay empossado como 9º secretário geral do CMI

Postado 17 de fevereiro de 2023

[Conselho Mundial de Igrejas] A O Rev. Jerry Pillay foi empossado como o nono secretário geral do Conselho Mundial de Igrejas durante um culto na Capela do Centro Ecumênico em Genebra, Suíça, em 17 de fevereiro.

Pillay, que anteriormente foi reitor da Faculdade de Teologia e Religião da Universidade de Pretória, é da Uniting Presbyterian Church in Southern Africa.

Em meio a orações, cânticos e um sermão do próprio Pillay, a celebração também contou com saudações especiais de igrejas e parceiros.

Em sua mensagem, intitulada “Igreja na Encruzilhada”, Pillay refletiu que o propósito da igreja é proclamar o amor salvador e a graça de Cristo ao mundo. “Ele faz isso ao sair pelo mundo para pregar, ensinar, batizar e discipular os crentes”, disse ele. “A igreja deve viver para cumprir o propósito de Deus.”

No entanto, às vezes, a igreja hoje parece esquecer seu verdadeiro propósito no mundo, lamentou Pillay. “Em vez disso, queremos seguir nosso próprio caminho, buscando nossas próprias agendas e tentando nos satisfazer”, disse ele. “Precisamos parar e perguntar: O que o Senhor quer? Como podemos cumprir o propósito de Deus?”

A igreja deve enfrentar os desafios e os tempos de mudança, acrescentou. “Precisamos estar onde Deus está com os pobres, miseráveis, negligenciados e sofredores do mundo”, disse ele. “A questão é, como igrejas-membro: onde vocês se posicionarão?”

A audiência incluiu líderes religiosos suíços e líderes cívicos de Genebra, bem como representantes de muitas Nações Unidas com sede em Genebra e parceiros governamentais do CMI. Também participaram líderes da Igreja Presbiteriana Unida na África Austral e do Conselho de Igrejas da África do Sul, bem como familiares e amigos do secretário geral.

Outros líderes do WCC, representantes das igrejas membros do WCC e de outras religiões, estudantes de Bossey e aposentados também estiveram presentes.

A mídia também compareceu pessoalmente e online, expressando interesse global no novo líder do WCC.

Enquanto os participantes e observadores oravam juntos, eles encerraram o culto com um sentimento de unidade. “Estamos confiantes de que Deus está nos chamando para seguir nosso caminho juntos”, disseram eles. “Compartilhamos uma peregrinação comum de justiça, reconciliação e unidade como pessoas que esperam na ressurreição.”

No convite, o bispo Heinrich Bedford-Strohm, moderador do comitê central do CMI, escreveu: “A celebração é uma oportunidade de buscar a bênção de Deus para um novo mandato de liderança e agradecer pela comunhão do CMI das igrejas-membro, testemunho contínuo para justiça, reconciliação e unidade”.


Tags