Arcebispo de Canterbury, papa e moderador da Igreja da Escócia visitarão o Sudão do Sul em peregrinação histórica pela paz

Postado em maio 31, 2022

[Serviço de Notícias da Comunhão Anglicana] Uma “peregrinação de paz” ecumênica sem precedentes verá a primeira visita conjunta de um papa e um arcebispo de Cantuária quando se juntarem ao moderador da Igreja da Escócia no Sudão do Sul em julho. O arcebispo Justin Welby, o papa Francisco e o moderador Iain Greenshields visitarão o Sudão do Sul de 5 a 7 de julho.

O Sudão do Sul é o país mais jovem do mundo, tendo conquistado a independência do Sudão em 9 de julho de 2011. Continua a sofrer os efeitos da guerra civil. As igrejas do Sudão do Sul trabalharam juntas na promoção da paz, incluindo a realização de cinco dias de negociações em 2018, lideradas pelo arcebispo anglicano Justin Badi Arama, o que levou à retomada das negociações de paz.

Os três líderes usarão sua visita para pressionar pela paz e pela solidariedade. A visita conjunta de líderes das tradições católica romana, anglicana e reformada é a primeira viagem desse tipo e segue um retiro no Vaticano em 2019 para os líderes políticos do Sudão do Sul, que foi hospedado pelo Papa Francisco e liderado pelo arcebispo de Canterbury Justin Welby.

Leia o artigo inteiro aqui.


Tags