Bispos atacados em complexo de igreja no Sudão do Sul

Postado em 25 de janeiro de 2022

[Serviço de Notícias da Comunhão Anglicana] A Província da Igreja Episcopal do Sudão do Sul está sob ataque em Bor Town, estado de Jonglei, de acordo com um comunicado divulgado pelo primaz, arcebispo Justin Badi Arama. Bispos foram atacados no complexo da igreja às 3 da manhã de 22 de janeiro. Duas pessoas ficaram feridas.

Esta é a terceira vez que tal incidente acontece nas dependências da igreja em Bor. No início de 2021, dois jovens foram baleados pela polícia no complexo da igreja e, mais tarde, em 2021, dois bispos foram parados na pista de Bor e deportados de volta para Juba pelo governo do estado de Jonglei.

Em um artigo do afirmação lançado em 22 de janeiro, Arama disse: “A liderança da ECSS [Igreja Episcopal do Sudão do Sul] condena nos termos mais fortes possíveis o ataque contínuo à ECSS em Bor Town… É triste saber que alguns políticos seniores de Jonglei estão enganando inocentes cidadãos a praticar tais atos malignos contra a igreja. Apelamos a todos os cristãos em Jonglei para que se abstenham da violência e continuamos a orar pela segurança dos bispos, clérigos e outros trabalhadores da ECSS enquanto realizam suas atividades pastorais”.

Ele terminou a declaração dizendo: “Oramos pela paz e harmonia no estado de Jonglei e em todo o Sudão do Sul”.


Tags