Convidados ecumênicos dão as boas-vindas ao envolvimento no ACC

Postado 12 de abril de 2016
O Padre Tony Currer, do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos, fala aos membros do Conselho Consultivo Anglicano reunido na Catedral de Santa Cruz, Lusaka, Zâmbia. Crédito da foto: Gavin Drake / ACNS

O Padre Tony Currer, do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos, fala aos membros do Conselho Consultivo Anglicano reunido na Catedral de Santa Cruz, Lusaka, Zâmbia.
Crédito da foto: Gavin Drake / ACNS

[Serviço de Notícias da Comunhão Anglicana] Os representantes ecumênicos no Conselho Consultivo Anglicano saudaram sua inclusão como “membros plenos” no ACC-16 em Lusaka, e elogiaram o trabalho da Comunhão Anglicana na promoção da justiça social para as mulheres. Os representantes ecumênicos se reuniram ontem à noite e suas deliberações foram relatadas esta manhã pelo padre Tony Currer, oficial para as relações anglicanas no Conselho Pontifício para a Promoção da Unidade dos Cristãos.

Os representantes ecumênicos mantiveram “boas e interessantes discussões”, disse o Pe. Currer. “Ficamos muito animados com o compromisso de ouvir durante a Comunhão. . . e para construir a comunicação entre as províncias; aprender e celebrar o que está acontecendo na Comunhão e por meio do trabalho do Escritório da Comunhão Anglicana (ACO).

“Como você, estamos todos tremendamente impressionados com a quantidade de trabalho que o escritório relativamente pequeno do ACO consegue realizar.”

Ele continuou: “Ficamos impressionados com o desejo de caminhar juntos e de manter abertos os canais de comunicação.

“Em particular, foi observado que no campo da igualdade de gênero, a Comunhão Anglicana é líder no campo da justiça de gênero [os direitos das mulheres] e temos muito a aprender com a Comunhão Anglicana.”

Ele disse que os representantes ecumênicos estavam “muito gratos” pelo convite para estar no ACC-16 “e em particular pela extraordinária graciosidade da Comunhão Anglicana em nos convidar a participar, convidar nossa opinião e por nos tornar membros plenos deste encontro.

“Todos nós vimos isso como um exercício exemplar de hospitalidade ecumênica e estamos extremamente gratos por isso.”


Tags