Vídeo: O Bispo Presidente Eleito Michael Curry prega na Eucaristia de Encerramento da Convenção Geral

Postado Jul 3, 2015

[Comunicado à imprensa do Escritório de Relações Públicas da Igreja Episcopal] “Agora eu tenho uma palavra para você,” o Rt. O Rev. Michael Curry da Carolina do Norte, Bispo Presidente eleito, disse ao 78º Convenção Geral of Igreja Episcopal em seu sermão em 3 de julho. “Se você não se lembra de mais nada que eu digo esta manhã, é a primeira palavra na Grande Comissão: VAI!”

A Eucaristia foi presidida por Dom Katharine Jefferts Schori. Após o sermão, Jefferts Schori leu uma carta de felicitações enviada pelo presidente Barack Obama ao bispo presidente eleito Curry.

A seguir está o texto do sermão:

VAI! Nós somos o Movimento Jesus
A 78ª Convenção Geral da Igreja Episcopal
O Rt. Rev. Michael B. Curry
Sexta-feira, julho 3, 2015

“Ide, pois, e fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, e ensinando-os a obedecer a tudo o que vos ordenei. E lembre-se, eu estou com você sempre, até o fim dos tempos ”. (Mateus 28: 18-20)

Antes de dizer qualquer coisa, devo novamente agradecer a você, Deus Todo-Poderoso, pelo privilégio e pela possibilidade de servir como Bispo Presidente Eleito. Amo esta Igreja, amo nosso Senhor, e Deus ainda não terminou conosco.

Ao nosso Bispo Presidente, que tem sido um líder incrível -

Voltamos 15 anos. Fomos ordenados bispos no mesmo ano, e esta é uma mulher de Deus. Ela liderou o povo de Deus com coragem, paixão -

Agora a paixão dela é um pouco diferente da minha. Eu disse aos bispos, quero ficar um pouco mais fresco dela.

Ela tem sido uma incrível líder enviada e inspirada por Deus.

E estou ansioso para trabalhar junto com o presidente Jennings. Nós nos conhecemos de vez em quando ao longo dos anos e -

Sou mais velho que ela, direi assim.

Provavelmente não.

Estou realmente ansioso para trabalhar com ela. Liderança is não é fácil, e ela o exerceu aqui nesta convenção com graça e clareza. Estou ansioso para trabalhar com você, minha irmã.

E, por último - sei que eles não mudaram o culto para 8:30, então tive mais tempo para pregar - mas devo oferecer uma palavra de isenção de responsabilidade antes de começar o sermão. Eu não sabia qual seria o texto de hoje; Eu não tinha ideia de que seria a Grande Comissão: “Ide, portanto, e fazei discípulos de todas as nações”. E quando vi qual era o texto, tudo que pude fazer foi dizer: “Há um doce, doce espírito neste lugar”.

Mateus termina seu Evangelho contando a história e compilando os ensinamentos de Jesus com Jesus enviando seus discípulos ao mundo com estas palavras: “Ide e fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e dos Espírito Santo, e ensinando-os a obedecer a tudo que eu ensinei a você. ” E lembre-se, estou com você no primeiro século e no século 21. "Eu estou com você sempre, até o fim dos tempos."

Estou cada vez mais convencido de que Deus veio entre nós na Pessoa de Jesus de Nazaré para nos mostrar o caminho para nos reconciliarmos com o Deus que profunda e apaixonadamente ama cada um de nós, para nos reconciliarmos e sermos justos com aquele Deus e estarmos reconciliados e justos uns com os outros como filhos daquele Deus que nos criou a todos. Ele veio para nos mostrar como acertar e como nos reconciliar. Ele veio para nos mostrar, portanto, como nos tornarmos mais do que simplesmente a raça humana - isso não é bom o suficiente - veio para nos mostrar como ser mais do que uma coleção de interesses próprios individualizados, veio para nos mostrar como nos tornarmos mais do que uma raça humana .

Ele veio para nos mostrar como nos tornar a família humana de Deus. E nisso, meus amigos, está nossa esperança e nossa salvação, agora e até o dia da eternidade.
Ou, para dizer de outra forma.

Max Lucado, que é um escritor cristão, diz "Deus ama você do jeito que você é, mas ele [não pretende] deixá-lo assim."

Jesus veio para mudar o mundo e nos transformar do pesadelo que a vida pode muitas vezes ser para o sonho que Deus planejou antes de a terra e o mundo serem feitos.

Julia Ward Howe disse isso desta forma, durante a Guerra Civil da América, um momento apocalíptico na história desta nação, se é que já houve um:

Na beleza dos lírios
Cristo nasceu do outro lado do mar.
Com uma glória em seu seio
Isso transfigurou você e eu.
Como ele morreu para tornar [folk] sagrado
Vamos viver para libertá-los
Enquanto Deus está marchando.
Glória, glória aleluia
A verdade de Deus está marchando.

Agora eu tenho uma palavra para você. Se você não se lembra de mais nada que eu disse esta manhã, é a primeira palavra na Grande Comissão: VAI!

Não faça ainda, mas vá!

E a razão pela qual eu uso essa palavra “vá” é porque nós somos o Movimento de Jesus.

Ir!

Deixe-me dizer a você, eu comecei a perceber algo - eu tropecei nisso alguns meses atrás - enquanto eu estava me preparando para o Advento e estava lendo as mensagens do Evangelho para o ciclo de três anos.

Percebi algo que não tinha visto antes.

Notei que todos os quatro Evangelhos prefaciam o ministério de Jesus não apenas invocando João Batista, mas eles prefaciam o ministério de Jesus citando Isaías capítulo 40: “Preparai o caminho do Senhor, / abre caminho [] para o nosso Deus"

E se você olhar para trás, volte para Isaías 40, Isaías diz:

Prepare o caminho do Senhor,
...
Pois cada vale será exaltado,
Cada montanha e colina são baixas,
O reto tortuoso e o áspero colocam uma planície,
E nisso a glória do Senhor será revelada,
E toda carne o verá junto.

A Bíblia está tentando nos dizer algo sobre Jesus. Este irmão não veio ao mundo para deixá-lo do jeito que o encontrou. Ele veio para mudá-lo até que os vales fossem elevados e as montanhas derrubadas, até que o mundo se endireitasse da maneira que Deus sonhou. A paisagem de nossa realidade e vida está mudando.

A história por trás de Isaías 40 - e não vou entrar em todos os detalhes - é que o povo de Deus se viu livre em um dia e na escravidão no outro. Desta vez, não foi uma escravidão do Egito de Faraó; desta vez foi a escravidão do exílio na Babilônia.

Pois, de fato, no ano 586 AEC, os exércitos da Babilônia começaram uma prodigiosa marcha de conquista em todo o Oriente Médio. Eventualmente, eles vieram para a Palestina. Eles arrasaram o campo, avançaram e lutaram para chegar a Jerusalém, romperam os muros da Cidade Santa, entraram na cidade e queimaram grande parte dela e mataram pessoas. Eles entraram no Templo Sagrado que Salomão havia construído e profanaram. E então eles pegaram muitos dos principais cidadãos e os carregaram para a Babilônia, onde os tornaram escravos virtuais.

Foi um pesadelo.

Na Babilônia, eles cantaram, como velhos escravos costumavam cantar: "Às vezes me sinto como uma criança sem mãe, muito, muito longe de casa".

Na Babilônia, um de seus poetas escreveu:

Pelas águas da Babilônia,
nós sentamos e choramos,
Quando nos lembramos de ti, ó Sião.

Quando nos lembramos de como era estar em casa.

Como devemos cantar a canção do Senhor
Em uma terra estranha?

E então aconteceu, quase tão rapidamente quanto eles haviam sido escravizados pelo pesadelo do mundo, eles foram libertados pelo tratado de Deus.

Veja os babilônios que conquistaram foram conquistados. Você já jogou aquele jogo Rei da Montanha? Alguém vai derrubar você.

Ou, como disse o grande filósofo Frank Sinatra: “Você pode estar voando alto em abril e ser abatido em maio”.

E então um imperador chamado Ciro subiu ao trono na Pérsia. Ele conquistou os babilônios e como uma espécie de “na sua cara” para os babilônios, todos os que os babilônios haviam escravizado, Ciro libertou. Ele emitiu um édito de tolerância religiosa. Achamos que o pluralismo e o multiculturalismo eram novos. Cyrus fez isso há muito tempo.

Ele emitiu um édito de tolerância religiosa, o povo judeu foi posto em liberdade, eles voltaram para casa, e enquanto eles estavam voltando para casa, um de seus poetas disse: Preparem o caminho do Senhor, porque todos serão exaltados, em cada montanha feito baixo, o reto torto.

E vamos para casa!

O pesadelo acabou, e Deus mudou a paisagem da realidade, Seu sonho estourou!

Meus amigos, todos os quatro Evangelhos precedem a história de Jesus apontando-nos para aquela história em Isaías. Jesus veio para nos mostrar o caminho, para mudar a paisagem da realidade, do pesadelo que muitas vezes é para o sonho que Deus pretende e nós, meus amigos, fazemos parte do movimento de Jesus.

Entao vai!

Agora, se você ainda não acredita em mim, vá ver o filme.

Agora, não estou elogiando o filme que estou prestes a mencionar porque na verdade não vi o filme em si, mas é o filme Filho de Deus. Foi lançado há cerca de um ano, se bem me lembro, e meio que foi eclipsado porque Noah e Russell Crowe foram lançados ao mesmo tempo.

Todo mundo sabe que certamente teria contado a história com precisão.

De qualquer forma, o filme Filho de Deus - de novo, não estou elogiando porque não vi.

Mas o trailer é muito bom.

E no trailer há uma cena, onde Hollywood combinou várias versões bíblicas, da história de Jesus chamando Simão Pedro.

E Pedro está pescando no Mar da Galiléia e Jesus vem. Pedro não está pegando nenhum peixe - e você pode ver que ele está frustrado - e Jesus chega e diz algo como: "O que você está fazendo, irmão?"

Às vezes, quando você lê a Bíblia, você tem que ler nas entrelinhas e imaginar como eram as expressões.

Quando Jesus diz: “Bem, o que você está fazendo?” Simão Pedro diz: “Estou obviamente pescando”. E então Jesus disse: "Bem, por que você não coloca sua rede do outro lado do barco?" E você sabe que Pedro esteve lá o dia todo e pode presumir que ele provavelmente sabia algo sobre Jesus e sabia que o irmão era carpinteiro, não pescador.

E, portanto, ele provavelmente estava pensando, você não sabe nada sobre isso, mas o que eu tenho feito o dia todo não está funcionando-
O que é uma parábola para a igreja hoje, mas vou deixar isso de lado.

Jesus disse que se não está funcionando para você, coloque a rede do outro lado e vá onde os peixes estão, não espere que eles venham até você -

Essa é outra mensagem para a igreja.

De qualquer forma, Peter pega a rede e joga do outro lado do barco e então a próxima cena - agora isso está no trailer, eu não vi o filme - a próxima cena está debaixo d'água e a câmera está olhando acima.

Agora, isso é claramente Hollywood, e você pode ver a imagem de Jesus meio refratada através da água. Você pode dizer que é Jesus porque ele tem barba.

E então ele pega seu dedo e toca a água, e a água começa a tremer e tremer como a velha canção, “Wade in the Water”.

"Deus vai perturbar a água."

Isso é Hollywood. Isso não estava na Bíblia, mas também não estava Cecil B. DeMille, e eu realmente gosto de sua versão de Os dez Mandamentos.

De qualquer forma, a água está tremendo. E então a próxima cena sobe no topo, e você vê Pedro, e provavelmente André e João, eles estão carregando todos os peixes. Eles têm tantos, a rede está se quebrando.

Observe que eles ouviram Jesus e pegaram mais peixes do que quando estavam fazendo isso por conta própria.

Essa é outra lição, mas falaremos sobre isso mais tarde.

De qualquer forma, eles estão tentando puxar todos aqueles peixes, e então Jesus chega e diz: "Pedro, agora venha e me siga."

Agora, novamente, imagine o que se passava na mente de Peter: Finalmente estou pegando alguns peixes e você quer que eu te siga?

E Jesus disse: “Venha e siga-me”, e Pedro disse “Para onde vamos?!”

Jesus diz: “Para mudar o mundo”.

Deus veio entre nós na pessoa de Jesus de Nazaré para mudar o mundo, para mudá-lo do pesadelo que muitas vezes pode ser para o sonho que Deus deseja. Ele veio para mudar o mundo, e nós fomos batizados no Deus Triúno e chamados a ser discípulos e seguidores desse Jesus e a participar da obra de Deus, a missão de Deus de mudar e transformar este mundo. Nós somos o Movimento de Jesus agora.

E seu jeito pode mudar o mundo. A Diocese de Ohio popularizou uma maneira de capturar o resumo da lei de Jesus: Você deve amar o Senhor seu Deus com todo o seu coração, alma, mente e força, e amar o seu próximo como a si mesmo. Destes dois dependem toda a lei e os profetas.

É tudo sobre esse amor.

Duke Ellington disse: “Não significa nada se não tiver aquele balanço”.

É tudo sobre esse amor!

A Diocese de Ohio diz assim: “Ame a Deus, ame o seu próximo e mude o mundo”.

Com isso eu vou sentar.

Eu vou.

Em maio de 1961, o agora congressista John Lewis, um dos Freedom Riders, era um jovem. Ele, junto com outros jovens, homens e mulheres, negros e brancos, foram Freedom Riders que ousaram confiar na recente decisão da Suprema Corte com relação ao transporte interestadual, buscando acabar com e erradicar Jim Crow em nossa terra. Eles estavam em um ônibus Greyhound, 13 deles, indo de Washington através da Virgínia e da Carolina do Norte, através da Carolina do Sul e indo para Nova Orleans, Louisiana. Quando pararam em Rock Hill, Carolina do Sul, apenas para encher o tanque, ir ao banheiro, comer alguma coisa, foram recebidos por cavaleiros noturnos encapuzados. Eles foram recebidos lá por aqueles que queimariam uma cruz por ódio ao invés do motivo por trás da cruz: o amor.

E eles foram espancados, muitos deles quase espancados até a morte.

John Lewis foi derrotado não apenas lá, mas também na ponte Edmund Pettus em Selma. Ele carrega em seu corpo as marcas de Jesus, assim como muitos outros.

Agora vamos avançar, 48 anos depois. John Lewis é um congressista da Geórgia. Um de seus assessores diz que há um homem chamado Edwin Wilson que quer conhecê-lo.

O Sr. Wilson entrou, conheceu John Lewis e disse: “Sou um dos homens que bateu em você e nos outros Freedom Riders em Rock Hill em 1961, e vim me desculpar e pedir que me perdoe . ” Lewis o perdoou. Ele disse no livro onde contou a história: “Aceitei as desculpas deste homem, que agrediu física e verbalmente, mas este é o testemunho do poder do amor, o poder que pode vencer o ódio”.

Isso é o que Jesus nos ensinou a fazer.

Deus veio entre nós na pessoa de Jesus para nos reconciliar uns com os outros e assim mudar o mundo. Temos um dia de crise pela frente neste país.

Temos um dia de crise pela frente nesta comunidade global.

Temos enormes desafios diante de nós como Igreja e seguidores de Jesus.

Mas, como São Paulo disse em Romanos, "Com Deus diante de nós, quem será contra nós?"

Ou como disse a Bispa Barbara Harris -

O que acham disso, Paul e Barbara Harris?

Como disse a Bispa Barbara Harris: “O Deus que está por trás de nós é maior do que qualquer problema que está diante de nós”.

Somos parte do Movimento Jesus, e esse movimento não pode ser interrompido porque seguimos um Senhor que venceu a morte e seguimos um Senhor que vive.

Fazemos parte do Movimento de Jesus, e ele nos convocou a fazer discípulos e seguidores de todas as nações e transformar este mundo pelo poder da Boa Nova, o evangelho de Jesus.

E olhe para nós: somos incríveis!

Você viu todos os bebês engatinhando nesta convenção? Eles estão por todo o lugar!

Alguns de nós são bebês!

Alguns de nós são crianças. As crianças estão bem aqui. Você não pode vê-los

Ei pessoal! Ei! - Eles estão acenando - Como vai você?

Alguns de nós são crianças!

Alguns de nós são jovens. Eles estiveram aqui.

Alguns de nós somos jovens adultos, eles estiveram aqui e vão mudar o mundo!

Alguns de nós têm cartões AARP.

Eu faço!

E alguns de nós - ajude-me, Jesus - alguns de nós são republicanos. E alguns de nós são democratas.

Mas se você foi batizado no Deus Triúno, você é um discípulo de Jesus e todos nós fazemos parte do Movimento de Jesus.

O que Deus reuniu, não deixe ninguém separar.

Alguns de nós são rotulados de tradicionalistas - ajude-me, Jesus!

Preparar? E alguns de nós são rotulados de progressistas.

Não me importa se o seu rótulo é tradicionalista ou progressista, se você foi batizado no Deus Triúno, você está no Movimento de Jesus.

Veja, somos todos diferentes. Alguns de nós são negros e alguns de nós são brancos, alguns de nós são pardos.

Mas gosto daquela velha música que dizia:

Jesus ama as criancinhas
Todas as crianças do mundo.
Vermelho e amarelo preto e branco,
Eles são preciosos aos seus olhos.
Jesus ama as crianças do mundo.

Não me importa quem você é, como o Senhor o fez, o que o mundo tem a dizer sobre você, se você foi batizado em Jesus, você está no Movimento de Jesus e é o seu Deus.

Aí pode estar a mensagem do Evangelho de esperança para o mundo. Há muito espaço bom.

Muito bom quarto.

Muito bom espaço para todos os filhos de Deus.

Pois na beleza dos lírios - Cristo foi quem nos ensinou isso.

Com uma glória em seu seio
Isso transfigurou você e eu.
Como ele morreu para tornar [folk] sagrado
Vamos viver para libertá-los
Enquanto Deus está marchando.

Glória.

Glória, aleluia.

A verdade de Deus está marchando.

Agora vá.
Carta do presidente Obama

A seguir está o texto da carta enviada pelo Presidente Barack Obama ao Bispo Presidente - Eleito Curry.

Caro Bispo Curry,

Ao se preparar para começar a servir como Bispo Presidente, envio calorosas felicitações.

Desde os primeiros dias de nossa nação, as comunidades de fé em todo o nosso país têm nos mostrado como a disposição para acreditar e a dedicação para cuidar dos outros podem enriquecer nossas vidas. Sua liderança ao longo dos anos refletiu sua visão poderosa para um amanhã mais inclusivo. Guiado por seu compromisso com um futuro de maior compaixão e oportunidade, espero que você continue a usar seus dons para reunir pessoas de todas as religiões e origens para realizar a América que sabemos ser possível.

Mais uma vez parabéns. Desejo a todos o melhor.

Atenciosamente,
Barack Obama

O 78th Convenção Geral da Igreja Episcopal está se reunindo até 3 de julho em Salt Lake City, UT (Diocese de Utah). A Convenção Geral da Igreja Episcopal é realizada a cada três anos e é o corpo governante bicameral da Igreja. Compreende oCasa dos Bispos, com mais de 200 bispos ativos e aposentados, e o Câmara dos Deputados, com clérigos e deputados leigos eleitos nas 108 dioceses e três áreas regionais da Igreja, em mais de 800 membros.

Os serviços de vídeo da Eucaristia diária durante a Convenção Geral de 2015 foram produzidos pela Diocese Episcopal de Utah


Tags


Comentários (19)

  1. Bárbara Harber diz:

    (Max Lucado, citado pelo Bispo Curry) “Deus ama você do jeito que você é, mas não pretende deixá-lo assim.”
    IR!
    (Quaisquer que sejam os outros rótulos, grupos, organizações a que alguém pertença), se você foi batizado em nome do Deus Triúno, então você é de Deus e você é o Movimento de Jesus.
    (Diocese de Ohio) Ame a Deus. Ame seu vizinho. E mudar o mundo.
    Vá onde os peixes estão; não espere que eles venham até você.

  2. Megan Ferraro diz:

    Tudo o que posso dizer é ... Fiquei arrepiado depois de ouvi-lo. Uau…

  3. Pat Walters diz:

    Uau!!! Eu poderia ouvir esse líder diariamente. Ele me carrega! Obrigado Deus Triúno !!!

  4. Sheelagh Clarke diz:

    Ame a Deus, ame o seu próximo, mude o mundo!
    Duas pessoas que amam a Deus, se amam, têm a Bênção de Deus para sair e mudar o mundo!
    A bênção de Deus do casamento para todas as pessoas Não depende do que um Bispo possa dizer.
    Esse Bispo também precisa da Bênção de Deus! Esse bispo precisa lançar a rede para o outro lado e ver as mudanças generosas que o amor de Deus pode fazer.
    A Igreja Episcopal precisa cantar alto e bom som CASAMENTO PARA TODOS!
    Bispo Curry, seu sermão é maravilhoso ... mas cante um pouco mais alto ... POR FAVOR!

  5. Padre Mike Waverly-Shank diz:

    Louvado seja Deus, o bispo Curry foi eleito PB! Precisamos dessa voz.

  6. Susan Thomas diz:

    Agora o (não tão) segredo foi revelado! O bispo Michael Curry é uma pessoa transformadora e um pregador fantástico. A Carolina do Norte sabe disso há muito tempo e agora o mundo saberá. Obrigado, Espírito, por presentear ele. Obrigado, Bispo Michael, por compartilhar esses presentes conosco.

  7. Erna Lund diz:

    Glória, Aleluia! Sim, eu gostaria de ter estado lá para apreciar o Espírito desta grande ocasião através / com o Bispo Michael Curry. Para apreciar mais plenamente suas referências ao Movimento de Jesus, estou ansioso para a Definição de Trabalho Operacional do Século 21 por Bispo Curry - Sim, eu desejo ir até / Até o Negócio Espiritual em questão ... Em seu sermão citando Jesus de Nazaré, cheio de Referências do Antigo Testamento / bíblicas com as quais todos podemos nos identificar / com as quais nos lembramos do lema “O que Jesus faria? ...
    Nos próximos meses, estou ansioso para ouvir / ler o Bispo Curry sobre o acompanhamento e acompanhamento do Movimento de Jesus - localmente, nacionalmente, internacionalmente - para a Igreja Episcopal Nacional, para que possa se tornar um Líder Dinâmico e não ficar à margem / periferia pela justiça social, paz, igualdade / direitos humanos para todos os povos!

  8. Linda Maloney diz:

    Glória e louvor, eu * estava * lá! Deus nos presenteou com ++ a calma, a força e o espírito de Katharine Jefferts Schori para um tempo difícil e divisivo, e agora que sobrevivemos e começamos a acreditar que Deus ainda não acabou conosco, o mesmo Espírito divino ressuscitou ++ Michael Bruce Curry para colocar asas em nossos calcanhares e fogo em nossos corações e nos empurrar para fora daquela zona de conforto que tão arduamente moldamos, mas que não pode ser nosso lugar de descanso. Louvado seja Deus, temos que IR! A maioria das pessoas está exausta com a Convenção; Posso entender isso, mas tenho 76 anos e estou revigorado!

  9. Myron Charles Boice diz:

    Como sabemos a vontade de Deus? Queremos estar em Sua vontade, não é? A vontade de Deus já foi entregue à Igreja ... na Bíblia Sagrada. Alguns lutam, como Jacó, para obter a bênção de Deus, o que ele finalmente fez depois de uma noite de luta com o anjo. Parece-me que se eu for às Escrituras com uma mente aberta, sem dogmas ou preconceitos pré-concebidos; e ouço as palavras claras da Bíblia, sem equívocos, e sem comentários, opiniões, estudos, proclamações, ouço Deus dizer que não é bom que o Homem fique só e por isso deu ao homem uma mulher para ser companheira e ajudante e eles se tornaram uma só carne e Deus abençoou aquela união e disse que o que Ele havia unido, ”… não deixe nenhum feito em pedaços”. Então Paulo, um judeu, um fariseu e um apóstolo dos gentios, veio e ele viu os males no mundo entre os quais ele listou a homossexualidade e o lesbianismo e os condenou. Romanos é um Livro canônico e eu o aceito junto com todos os outros, então juntando tudo me parece que Deus criou o Homem e a Mulher, abençoando essa união e condenando a homossexualidade. Não vou me equivocar sobre isso. Essa é minha conclusão bíblica. Agora, minha igreja rejeita isso e, no verdadeiro estilo anglicano, tenta agradar a todos que sabemos que não pode ser feito. Aceito o fato de que a Igreja não deve rejeitar os homossexuais, mas deve dizer-lhes em palavras claras por que não se pode viver em pecado e ter o outro pé em uma vida cristã piedosa. Sejamos amorosos, mas firmes, ou então seremos fantoches do mundo. (Ou estamos apenas tentando estar na vanguarda da política da igreja?)

    1. João C. Smith diz:

      Você precisa fazer um curso de interpretação bíblica. Há mais na Bíblia do que opinião pessoal, que geralmente é condicionada pela forma como a pessoa é educada e pelo ensino de professores da Escola Dominical bem-intencionados, mas desinformados. Se você está defendendo o seguir a Bíblia literalmente, faça-o por todos os meios, mas não seja seletivo em quais versículos você irá aderir. Deus é amor e você precisa refletir sobre isso.

    2. Ed Higginbotham diz:

      “Ouvir as palavras claras da Bíblia” - tenho ouvido essa frase, ou alguma versão dela, durante a maior parte da minha vida, e soa um alarme mental quando a ouço. Essa ideia finge que é possível ler as Escrituras e entender a mensagem nelas sem mediação, e esse é um entendimento realmente perigoso. A verdade simples é que TODA a linguagem requer interpretação, então a “linguagem simples” de qualquer texto nunca é tão clara. Quando falamos sobre vários livros da Bíblia, a “linguagem simples” é ainda menos clara, pois estamos separados por milênios desde o tempo da escrita, e pertencemos a uma cultura que está muito distante da forma como os autores do textos entendiam o mundo. No que diz respeito a isso, os autores do Novo Testamento geralmente estão muito distantes dos autores das Escrituras Judaicas e vivem em uma cultura muito diferente, com maneiras muito diferentes de ver o mundo. Adicione a isso o problema de que qualquer texto que a maioria de nós provavelmente (ou seja capaz) de ler foi traduzido para o inglês, e que aqueles que o traduziram também o fizeram com formas particulares de ver o mundo, com entendimentos particulares da melhor maneira de traduzir o texto para o leitor (e com sentidos diferentes de quem seria seu leitor e o que eles estariam usando o texto para fazer), e a reivindicação de aderir à linguagem simples do texto torna-se cada vez menos sustentável. Quanto menos alguém estiver ciente de que sua leitura de um texto envolve níveis de interpretação, maior será o perigo de injetar opiniões pessoais, preconceitos, concepções anteriores e totalmente equivocados no texto, sem nenhuma noção de que isso está acontecendo .

  10. Liz Grant Hilton, Diácono-Diocese de Atlanta diz:

    Ouvir a mensagem do Bispo Presidente Eleito Curry me encorajou e inspirou. A essência do ensino de Jesus é que amemos e sejamos transformados, e isso soou verdadeiro no sermão de Curry.

  11. James Kepper diz:

    Sim, eu também elogio a mensagem de Michael Curry como um todo. Estou muito desapontado, no entanto, que ele teve que “dar um tapa” nos tradicionalistas e republicanos ao longo do caminho. Deus salve a América neste 4 de julho!

  12. O Rev. Joyce T. Thorne diz:

    Elogio o recém-eleito Bispo Presidente Michael Curry por um dos melhores sermões que já ouvi. Eu acredito que ele é aquele que realmente liderará a Igreja Episcopal no século 21 de muitas boas maneiras. Ao ouvir seu sermão, tive muito em que pensar e muito pelo que agradecer. O Bispo Presidente Eleito é uma pessoa que eu poderia ouvir em relação à pregação, pois ele definitivamente chama sua atenção. Que as bênçãos de Deus estejam com você, Bispo Presidente Eleito Michael Curry.

  13. GAIL CLARK diz:

    Por favor, corrija a primeira linha da carta de Obama - I é um nome próprio.

  14. João C. Smith diz:

    O bispo Curry está certo. A mensagem de Jesus foi “O Reino de Deus está próximo. Arrepender-se!" (ie Mudança) (Marcos 1:15) Ele não falou muito sobre o pecado individual, mas queria mudar a sociedade). O comando para “ir” primeiro precisa ser aplicado ao nosso próprio mundo ocidental e abordar os problemas do neocolonialismo da globalização, concentração corporativa e ganância individual. O Papa Francisco tem razão a este respeito. Assim que mudarmos, poderemos abordar os problemas mundiais. Nosso exemplo de vida cristã e compaixão em casa pode ser uma poderosa influência mundial. Não é agora! “Médico cura-te a ti mesmo”.

  15. Robert Horwath diz:

    Este sermão foi realmente transformador ... ore realmente para que o óleo escorra da cabeça para os membros ... que a unção do Bispo Curry se espalhe para todos nós ... Tenho a sensação de que o Espírito está se preparando para mover esta Igreja, que exorcizou o demônio de marginalizar o povo de Deus (racismo, exclusão, homofobia, sexismo em sua política oficial, etc) para agora nos voltarmos para o trabalho missionário e evangelização para aumentar nossa adesão e verdadeiramente retornar ao significado literal da Grande Comissão - se não não vamos simplesmente morrer como Igreja ... não podemos deixar isso acontecer ... graças ao Deus Triúno pelo Bispo Curry!

  16. Stewart David Wigdor diz:

    Parabéns ao novo Bispo Primaz Michael Curry, Que Deus o Abençoe.

  17. Cabine PJ diz:

    Uau! Aquele Kool Aid progressista, liberal, anti-Bíblia, anti-oração, anti-republicano e revisionista servido na convenção deve ser muito doce.

Comentários estão fechados.