Um resumo das resoluções do Conselho Executivo

Postado em outubro 27, 2014

[Episcopal News Service - Linthicum Heights, Maryland] Durante sua reunião de 24 a 27 de outubro aqui, a Igreja Episcopal Conselho executivo adotou várias resoluções, que são resumidas a seguir.

Advocacia e trabalho em rede para a missão

* Condenar o uso de estupro e outras formas de violência sexual na guerra como um crime contra a humanidade, incluindo os chamados crimes de “honra” perpetrados contra vítimas de estupro; apoiar a acusação de crimes contra a humanidade como estupro, escravidão sexual, prostituição forçada, gravidez forçada, esterilização forçada ou outra violência sexual de gravidade comparável, especialmente quando cometida como parte de um ataque generalizado ou sistemático; apoiar o acesso a serviços psicológicos e médicos para sobreviventes de estupro; apoiar a inclusão de perspectivas e vozes de sobreviventes em estruturas de governança pós-conflito, construção da paz, prevenção de conflitos e diálogos de reconciliação (A & N032)

* Apoiar esforços legislativos e não legislativos que pedem o fim da discriminação contra o acesso das mulheres aos cuidados de saúde, especialmente para contracepção, gravidez e parto; apoiar o direito das mulheres à autodeterminação em relação às suas escolhas pessoais sobre cuidados de saúde, especialmente para contracepção, gravidez e parto; apoiar a legislação e outras iniciativas que eliminem as causas subjacentes da discriminação contra o acesso das mulheres aos cuidados de saúde, que incluem raça, desigualdade no emprego, subemprego, disparidade salarial entre homens e mulheres e o número desproporcional de mulheres que vivem na pobreza devido a iniqüidades na educação, emprego, contracepção, creche e outras formas de discriminação com base no gênero (A & N033)

* Suporte para “Neutralidade da rede”, também conhecido como “Internet aberta”, e oposição a um sistema de Internet de duas camadas de vias “rápidas” e “lentas”; afirmar o direito de todas as pessoas e organizações, especialmente aquelas que foram marginalizadas e sofreram discriminação, a terem acesso equitativo e a poderem contar suas histórias por meio de diversos modos de multimídia na Internet; opor-se a permitir que os provedores de serviços de Internet dêem tratamento preferencial aos provedores de conteúdo e conteúdo apenas com base em sua capacidade de pagar; instruir o Escritório de Relações Governamentais a registrar um comentário para instar o Comitê Federal de Comunicações a manter uma Internet aberta, evitar mudanças nas regras que criariam um sistema de Internet de duas camadas e garantir que as regras estejam em vigor para evitar que os provedores de serviços de Internet discriminem provedores de conteúdo, usuários ou dados bloqueados (normalmente armazenados em um buffer de dados e lidos ou gravados em um bloco inteiro de uma vez; um exemplo são as correspondências em massa de organizações sem fins lucrativos) (A & N034)

* Expressar pesar pela perda de vidas e meios de subsistência sofridos por palestinos e israelenses como resultado da Guerra de Gaza em 2014, elogiar os esforços do Secretário de Estado dos EUA John Kerry e da comunidade de doadores internacionais em garantir financiamento substancial para a reconstrução de Gaza; exortar todas as partes no conflito, e seus parceiros internacionais, a trabalhar em prol de condições na Faixa de Gaza que tornem possível uma reconstrução pacífica e sustentável; reafirmar o compromisso de longa data da igreja com o investimento positivo nos Territórios Palestinos como indispensável para a criação da infraestrutura econômica de um futuro estado palestino, e solicitar que o Comitê de Empréstimo para Justiça Econômica considere complementar seu investimento de 2013 nos Territórios Palestinos com novos investimentos econômicos destinados a beneficiar o povo palestino e desafiar as dioceses a fazerem investimentos semelhantes; reafirmar o entendimento da Igreja de que o único caminho para uma paz justa e duradoura é uma solução de dois estados, negociada por israelenses e palestinos, na qual um Israel seguro universalmente reconhecido, a pátria do povo judeu, existe ao lado de um país soberano, viável e universalmente reconhecido estado seguro para o povo palestino, com Jerusalém como a capital de ambos os estados; ambas as partes devem abster-se de ações unilaterais que complicam o caminho para as negociações; elogiar a Diocese Episcopal de Jerusalém e seu bispo por seu testemunho de paz para todos os israelenses e palestinos e seu trabalho para atender às necessidades humanas dentro de sua jurisdição, incluindo na Faixa de Gaza, e exortar o apoio de todos os episcopais por esses esforços; exortar todos os episcopais a se solidarizarem com israelenses e palestinos trabalhando pela paz na terra chamada santa por todos os filhos de Abraão (A & N035)

* (resolução para apresentação à Convenção Geral como parte do Relatório do Livro Azul do Conselho Executivo) para 78th Convenção Geral para: reafirmar e renovar o compromisso de longa data da igreja com a avaliação e reforma dos sistemas de justiça criminal e juvenil federal, estadual e local nos Estados Unidos (citando cinco resoluções de 1985); declarar apoio e defender a expansão do financiamento para tratamento, alternativas ao encarceramento e serviços de reintegração para pessoas que saem da prisão; convocar os episcopais a apoiar e participar de programas de orientação e acompanhamento para os que saem da prisão; declarar oposição ao encarceramento em massa, que perpetua um ciclo de pobreza sistêmica nos Estados Unidos por meio de seu impacto sobre réus, presidiários, pessoas em liberdade condicional e suas famílias; reafirmar e renovar o apelo da Igreja por uma moratória sobre o uso de prisões privadas com fins lucrativos, incluindo centros de detenção para imigrantes; reafirmar e renovar o apoio à revogação das sentenças mínimas obrigatórias para crimes não violentos; apelar à abolição da disparidade de sentenças entre os crimes de crack e cocaína em pó e, como um passo intermediário, exortar o Congresso dos EUA a tornar retroativo o Fair Sentencing Act de 2010, que reduz a disparidade nas sentenças em relação aos níveis anteriores; instar os Estados com sistemas de fiança monetária a reformar esses sistemas; exortar os formuladores de políticas a buscar reformas legais para aumentar a empregabilidade das pessoas que deixam as prisões; condenar as práticas de aplicação da lei financiadas pelo delinquente e exortar os legisladores a criar sistemas de liberdade condicional equitativos pós-sentença que removem a carga financeira indevida sobre a liberdade condicional como uma condição para manter a liberdade condicional; condenar a prática de cassação de criminosos, que retira o direito de ex-encarcerados (ou “cidadãos que retornaram”) de recuperar o direito de votar uma vez que cumpram sua pena e saiam da prisão; apelo para a exploração e criação de programas de justiça restaurativa para transformar os sistemas de justiça juvenil; orientar o Conselho Executivo a convocar um Comitê de Coordenação da Reforma da Justiça Criminal para desenvolver informações educacionais, ferramentas de defesa e políticas da igreja para ajudar as dioceses e membros da igreja, em seu ministério aos prisioneiros, pessoas que voltam das prisões e suas famílias, defesa de uma reforma abrangente da justiça criminal em todos os níveis de governo; instruir o Comitê Coordenador a reportar à 79ª Convenção Geral; solicitar ao Comitê Permanente Conjunto de Programa, Orçamento e Finanças para considerar um orçamento de $ 48,000 para apoiar o trabalho desse Comitê Coordenador da Reforma da Justiça Criminal (AN036)

Advocacy e Networking for Mission / Local Mission and Ministry

* Reafirmar as políticas de investimento socialmente responsáveis ​​da igreja; declarar oposição a prisões e centros de detenção com fins lucrativos, que muitas vezes estabelecem cotas de ocupação ou "cama", capitalizando sobre o encarceramento criminal, civil ou de imigração de indivíduos, que são um fator importante no encarceramento em massa desproporcional de jovens e homens de cor ; tesoureiro direto para evitar investimentos em empresas que possuem e operam prisões e centros de detenção com fins lucrativos (A & N / LMM002)

* Reafirmar o apoio à Resolução da Convenção Geral 2009-D035, Repúdio à Doutrina da Descoberta, e 2012-A128, Examine o impacto da doutrina da descobertae o trabalho da igreja para abordar questões de trauma histórico causado pela expropriação colonizadora das terras dos povos indígenas e a destruição de seu modo de vida; reafirmar o apoio ao ministério e a defesa da equipe da Sociedade Missionária Doméstica e Estrangeira nos Escritórios dos Ministérios Étnicos, Relações Governamentais, Formação de Fé, Relações Globais, Reconciliação Racial, Justiça Social e Envolvimento em Advocacia e outros departamentos à medida que se envolvem nas bases, tribais indivíduos e entidades governamentais e episcopais para fazerem o trabalho contínuo necessário para repudiar e examinar o impacto da Doutrina da Descoberta, incluindo o trauma histórico e geracional da era do internato residencial; reafirmar o compromisso com a educação contínua e a defesa dos membros da igreja em relação à realidade histórica e ao impacto da Doutrina da Descoberta e à eliminação da presença da doutrina nas políticas, programas e estruturas contemporâneas da igreja; encorajar dioceses, bispos, clérigos e líderes leigos a renovar seus esforços de educação, defesa e autorreflexão no espírito de viver no repúdio da Doutrina da Descoberta como uma afirmação ativa do Pacto Batismal e do Marco da Missão IV, que afirma: “Procurar transformar estruturas injustas da sociedade, desafiar a violência de todo tipo e buscar a paz e a reconciliação”. (A & N / LMM003)

* Afirmar “buscar e servir a Cristo em todas as pessoas, amando nosso próximo como a nós mesmos, e lutar pela justiça e paz entre todas as pessoas e respeitar a dignidade de cada ser humano”; confessar que nós, como sociedade, falhamos em respeitar a dignidade de cada ser humano, lembrando as recentes mortes violentas de jovens negros e lamentando suas mortes; afirmar em resposta à adoção pela igreja das Marcas da Missão Anglicana, especificamente Marcos 4, que #BlackLivesMatter também; exortar a igreja e seus membros a responder fielmente ao apelo à ação que # BlackLivesMatter também com oração, diálogo comunitário e parcerias, educação para a formação cristã, sermões e homilias e solidariedade na valorização e proteção de todas as pessoas de cor que são discriminadas ou de outra forma tratadas injustamente e prejudicadas por causa da raça ou da cor da pele; reafirmar os ensinamentos contidos na Carta Pastoral da Casa do Bispo sobre “O Pecado do Racismo”, Março de 1994,; lembrar aos membros da igreja de responder ao chamado da Casa dos Bispos em sua Carta Pastoral de 2006 subsequente “Um Chamado à Aliança,” ; Dirija o Escritório da Convenção Geral para transmitir a cada bispo diocesano e de área de missão, comitê permanente e conselho diocesano, uma cópia desta resolução e as duas cartas da Casa dos Bispos solicitando que sejam compartilhadas com suas congregações (A & N / LMM004)

Finanças para a missão

* Estabelecer Fundo Fiduciário # 1066 como uma conta de investimento para Iglesia Episcopal del Ecuador no Equador (FFM053)

* Estabelecer Fundo Fiduciário # 1067 para a Igreja Episcopal de St. James em Mesilla Park, Novo México (FFM054)

* Estabelecer Trust Fund # 1068, St. David's Episcopal Church - Lucy e Bill Pengelly Memorial Fund como uma conta de investimento para St. David's Episcopal Church em Lincoln, Nebraska (FFM055)

* Estabelecer Fundo Fiduciário # 1069, como uma conta de investimento para a Igreja Episcopal de São Nicolau em Midland, Texas (FFM056)

* Estabelecer Fundo Fiduciário # 1070 estabelecido como conta de investimento para a Igreja Episcopal St. Thaddaeus em Chattanooga, Tennessee (FFM057)

* Diretrizes oficiais revisadas aprovadas de viagens para a Sociedade Missionária Doméstica e Estrangeira (FFM058)

* Definir a taxa de dividendos para 2015 para as carteiras do DFMS Trust Fund disponíveis para apoiar o orçamento operacional do DFMS em $ 0.96 por ação com base em 5.0% dos valores médios de mercado no final do ano da carteira para os cinco anos encerrados em 2013; definir a taxa de dividendo para 2015 para fundos fiduciários no portfólio de dotações DFMS que não estão disponíveis para apoiar o orçamento operacional do DFMS ser definido em $ 0.96 por ação com base em 5.0% dos valores de mercado de final de ano médios do portfólio para os cinco anos encerrados em 2013 ( FFM059)

* Aprovar o orçamento de 2015 para a Igreja Episcopal (FFM060)

* Autorizar o Vice-Chefe de Operações e Diretor de Missão a usar a receita distribuída durante 2015 do Fundo Fiduciário No. 809, até $ 319,630.00, para programas educacionais e teológicos (incluindo educação continuada e bolsas individuais), conforme recomendado pela Comissão de Educação Teológica para a América Latina e o Caribe (CETALC) em sua reunião em Quito, Equador, em agosto de 2014; o desembolso do dinheiro estará condicionado ao recebimento da documentação apropriada para garantir a responsabilidade financeira e operacional aceitável para o Vice-Chefe de Operações, Diretor de Missão e Tesoureiro; qualquer saldo de 2015 não concedido para ser reinvestido (FFM061)

* Agradeça àqueles que incluíram a Igreja Episcopal em seus testamentos e reconheçam a generosidade de todos aqueles que contribuem para a Igreja Episcopal e assim apoiam seus ministérios (FFM062, FFM063)

* Estabelecer Trust Fund # 1071 como uma conta de investimento para a Igreja Episcopal do Bom Pastor em Salinas, Califórnia (FFM064)

* Estabelecer Trust Fund # 1072 como uma conta de investimento para a Igreja Episcopal do Bom Pastor em Salinas, Califórnia (FFM065)

* Esclarecer o escopo das políticas relacionadas aos tipos de presentes que podem ser aceitos pela Sociedade Missionária Nacional e Estrangeira (DFMS) (FFM066)

* Concordar com os procedimentos de arrecadação de fundos para funcionários e oficiais do DFMS, membros do Conselho Executivo e membros de todos os Comitês, Comissões, Agências e Conselhos (FFM067)

* Doar $ 150,000 em incrementos de $ 50,000 anualmente a partir de 2014 para Li-Tim Oi Chinese Ministries na Diocese de Los Angeles como uma forma de permitir a expansão dos ministérios para pessoas de ascendência chinesa (dinheiro proveniente da renda de certos fundos fiduciários direcionados ao conselho restrito para o ministério para chineses da dispersão (aquisição pós-comunista) (FFM068)

Governança e administração para a missão

* Delegar autoridade ao Comitê Executivo do Conselho Executivo para agir em seu nome para revisar e aprovar os subsídios propostos pela Diretoria de Oferta de Agradecimento da United e pelo Departamento de Missão para o ciclo de concessão de 2015 da UTO da Oferta de Agradecimento Unida (revisão e aprovação a serem concluídas no máximo de 15 de junho de 2015 e ações a serem relatadas simultaneamente à diretoria da United Thank Offer e ao Conselho Executivo com um registro apropriado de suas ações (GAM020)

* Documento de Boas Práticas de Gestão de Recursos Humanos para o DFMS (GAM021)

* Alterar o Artigo VII dos Estatutos do Conselho Executivo, inserindo a nova Seção 5 que rege a eleição e constituindo o Comitê Executivo Transitório do Conselho (GAM022)

* Solicita que o chefe de operações crie um plano para a implementação e tradução de um programa de treinamento na implementação eficaz em toda a igreja do Título IV do Constituição e cânones da Igreja Episcopal, incluindo as despesas estimadas; diretor de operações para iniciar conversas com o Grupo de Pensões da Igreja sobre como este trabalho pode ser realizado de forma colaborativa e despesas compartilhadas; O diretor de operações apresenta um plano para tal treinamento ao Conselho Executivo para sua revisão na reunião de janeiro de 2015 (GAM024)

Missão Local e Ministério

* Afirmação de cinco entidades como Ministérios Jubileu, incluindo a Igreja Episcopal do Bom Pastor, Centennial, Colorado (Diocese do Colorado); Ascension Outbound, Dallas, Texas (Diocese de Dallas); A Igreja da Santa Natividade, Baltimore, Maryland (Diocese de Maryland); Arca de Noé / Gerando Esperança, Wapato, Washington (Diocese de Spokane); Saint Mark's Center for Community Renewal, Keansburg, New Jersey (Diocese de New Jersey) (LMM011)

Missão Mundial

* Expressar agradecimento pelas nomeações feitas em nome do Bispo Presidente, incluindo o Rev. Honey Becker (Diocese do Havaí), missão de segundo ano na Diocese de Jerusalém, missionário na Igreja de São Pedro, Jaffa; o Rev. Michael Billingsley (Diocese de Massachusetts) capelão do St George's College da Diocese de Jerusalém, acompanhado por sua esposa Judith; Robert Canter (Diocese de Alabama), coordenador de área dos Reitores de Comayaga e Santa Bárbara, Diocese de Honduras; Judith Crosby (Diocese da Virgínia) Carpenters Kids na Diocese de Tanganica Central, Igreja da Província da Tanzânia; o Rev. Pierre Gabaud (Diocese do Sudeste da Flórida) Reitor do Seminário Teológico da Diocese do Haiti; o Rev. Bernard Yung (Diocese da Virgínia), missionário na Diocese das Filipinas Central (WM025)

* Expressar agradecimento pelas nomeações do Corpo de Serviço para Jovens Adultos feitas em nome do Bispo Presidente, incluindo Frederick Addy (Diocese de Dallas) na Diocese da Costa Rica; Joseph Anderson (Diocese de Massachusetts e Missouri) no Instituto Rural Asiático (ARI) em Nippon Sei Ko Kai, Japão; Kristina Boe (Diocese de Olympia) segundo ano com nova designação na Diocese do Rio de Janeiro, Igreja Episcopal Anglicana do Brasil; William Bryant (Diocese de Western Carolina do Norte) segundo ano com nova designação em St. Paul's Within the Walls, na Convocação de Igrejas na Europa; Paul Daniels (Diocese da Carolina do Norte) segundo ano na Igreja Catedral de São Miguel e São Jorge na Diocese de Grahamstown, Igreja da Província da África Austral; Justin Davis (Diocese da Virgínia) com a Missão aos Marítimos da Diocese de Western Kowloon, Hong Kong; Elizabeth Duque (Diocese da Colômbia) é voluntária com Agape Care e Aconselhamento na Diocese de Maseno West, Quênia; Maurice Dyer (Diocese de El Camino Real) segundo ano com nova designação no Instituto de Cura das Memórias da Diocese da Cidade do Cabo, Igreja da Província da África Austral; Carolyn Hockey (Diocese de Ohio) na Diocese de Bujumbura, Província da Igreja Anglicana de Burundi; David Holton (Diocese de Nova York) no Easter College em Baguio City na Diocese do Centro-Norte das Filipinas; Kirsten Lowell (Diocese de Maine) na Diocese do Uruguai; William Lutes (Diocese de Dakota do Sul) com a Rede Ambiental da Igreja Anglicana da África do Sul e Rede Ambiental da Comunhão Anglicana na Cidade do Cabo, Igreja da Província da África Austral; Kayla Massey (Diocese de Upper South Carolina) na Diocese do Centro-Norte das Filipinas; Rachel McDaniel (Diocese de West Tennessee) com os Ministérios da Mulher e da Criança na Diocese do Sudoeste do Brasil; Delaney Ozmun (Diocese de Olympia) na Diocese de Eldoret na Igreja Anglicana do Quênia; Hannah Perls (Diocese de Olympia) segundo ano na Fundación Cristosal, na Diocese de El Salvador; Carlin Van Schaik (Diocese do Noroeste do Texas) segundo ano com nova designação na Igreja Episcopal nas Filipinas; Perry Alan Yarborough (Dioceses de Western Carolina do Norte e Upper South Carolina), missão de segundo ano na Diocese do Haiti; Ryan Zavacky (Diocese de Michigan Oriental) no Monastério Mariya uMamaweThemba com os Irmãos da Santa Cruz da Diocese de Grahamstown, Igreja da Província da África Austral (WM026)

* Expressar apreço pelos companheiros de missão que cumpriram fielmente seus termos de serviço, incluindo Natalie Finstad (Diocese de Massachusetts), diretora executiva / co-fundadora do Projeto Tatua Quênia na Igreja da Província do Quênia; Kyle Evans (Diocese da Pensilvânia) missionário / assistente executivo do bispo sufragâneo na Diocese do Haiti; o Rev. Lura Kaval e Richard Harlow (Diocese de Maryland) canon para desenvolvimento e gerente de projeto, respectivamente, na Diocese de Honduras; Dan Tootle (Diocese de Maryland) Gerente do Projeto de Reorganização de Escolas da Diocese do Haiti (WM027)

* Expressar apreço pelos companheiros voluntários do Young Adult Service Corps que fielmente completaram seu período de serviço, incluindo Ashley Bingaman (Diocese da Virgínia) na Diocese do Haiti; Julia Burd (Diocese da Pensilvânia) na Escola de Ciências de Enfermagem de Léogâne, Diocese do Haiti; Sean Brown (Diocese do Havaí) no Instituto Rural Asiático (ARI) em Nippon Sei Ko Kai, Japão; Ashley Cameron (Diocese da Virgínia) na Fundação de Desenvolvimento Episcopal de São Marcos na Diocese de Santiago na Igreja Episcopal nas Filipinas; Rachel Carter (Diocese da Carolina do Leste) no Instituto Episcopal San Cristóbal da Diocese do Panamá; Margaret Clinch (Diocese do Sul de Ohio) no Easter College em Baguio, Diocese do Centro-Norte das Filipinas; Heidi Galagan (Diocese de Wyoming) na Escola Canon Andrea Mwaka (CAMS) na Diocese de Tanganica Central, Igreja Anglicana da Tanzânia; Karen Geiger (Diocese de Virginia) com HOPE Africa na Diocese de False Bay, Igreja da Província da África Austral; Rebecca Gleason (Diocese de San Diego) na escola El Espíritu SantoBilingual em Tela, Diocese de Honduras; Jared Grant (Diocese de Western Carolina do Norte) mandato de dois anos com Hope Africa na Diocese de Lesotho, Igreja da Província da África Austral e St. Paul's Within the Walls, na Convocação de Igrejas na Europa; Claire Harkey (Diocese do Mississippi) na El Buen Pastor Bilingual School em San Pedro Sula, Diocese de Honduras; Sara Lowery (Diocese do Alabama) na Missão para Trabalhadores Migrantes na Diocese de Hong Kong; Andrew Joyce (Diocese de Kentucky) mandato de dois anos na Igreja Episcopal nas Filipinas; Joseph Morin (Diocese de West Texas) no Instituto Episcopal San Cristóbal da Diocese do Panamá; William Pendleton (Diocese de New Hampshire) na Igreja Episcopal de Cuba; Jacqueline Kathleen Webb (Diocese de Dallas) nos Arquivos Provinciais da Igreja Anglicana de Hong Kong (Episcopal) (Hong Kong Sheng Kung Hui) (WM028)

* Instruir os presidentes a nomear um grupo de trabalho para estudar a realidade das dioceses que não têm condições de participar plenamente na Convenção Geral, para identificar as questões em torno deste desafio, identificar as fontes de financiamento disponíveis para enfrentar este desafio; grupo de trabalho apresentará relatório ao Conselho Executivo em janeiro de 2015 (WM029)

* Aprovar 125th Destinatários do prêmio UTO e Critérios e Foco da Oferta de Agradecimento de 2015 [nomes dos destinatários a serem divulgados pelo Escritório de Relações Públicas] (WM030)

* “Esteja em oração com nossas irmãs e irmãos na Libéria, a Igreja da Província da África Ocidental e todos os países onde este vírus ameaça a saúde humana e as estruturas sociais e já custou a vida a milhares; aplaudir a Igreja Episcopal na Libéria, a comunidade religiosa, as organizações de base e os indivíduos na Libéria que estão vivendo as boas novas do amor de Cristo espalhando a consciência, alimentando os famintos, apoiando os desesperados, levando conforto aos que choram e sendo proféticos voz que fala pelos mais vulneráveis; aplaudir o clero da Igreja Episcopal na Libéria, que continua a ministrar fielmente ao povo da Libéria; aplaudir os episcopais liberianos aqui nos Estados Unidos e nossos relacionamentos que aumentaram a esperança, a consciência e os materiais e fundos ”; agradecer pelas respostas contínuas do Episcopal Relief & Development, da Aliança Anglicana, dos parceiros globais, das Forças Armadas dos Estados Unidos, da Organização Mundial da Saúde e dos órgãos das Nações Unidas; desafiar as comunidades religiosas mundiais, especialmente a Comunhão Anglicana, a envolver os sistemas políticos e sociais de suas respectivas nações para encorajar uma resposta mais agressiva e generosa aos desafios da atual pandemia de Ebola; elogiar as almas daqueles que morreram aos cuidados amorosos de Deus e orar por aqueles que choram; viva na esperança do dia em que celebraremos as boas novas de que este vírus foi contido e podemos alegrar nossas irmãs e irmãos enquanto reconstroem suas vidas e seu país (WM031)

* elogiar a Bispa Presidente Katharine Jefferts Schori, a liderança da Igreja Episcopal e toda a Igreja por muitos anos de compromisso contínuo para manter e melhorar as relações com a Comunhão Anglicana inteira; expressar gratidão pelos esforços contínuos para fortalecer relacionamentos e buscar liderança de cura pelo Arcebispo Justin Welby dentro da Comunhão Anglicana; afirmamos nosso apoio contínuo ao Escritório da Comunhão Anglicana e se compromete a se esforçar para restaurar totalmente ou aumentar o financiamento em 2015 e além (WM032)


Tags