Maryland: o dia de serviço do Great Kids Farm homenageia George Freeman Bragg

Por Angela F. Shepherd
Postado em agosto 13, 2012

[Diocese Episcopal de Maryland] Quase 40 pessoas representando seis congregações da Diocese Episcopal de Maryland se reuniram em Grande Fazenda Infantil em Baltimore, 4 de agosto, para um Dia de Serviço com foco na agricultura e no meio ambiente em homenagem ao legado do Rev. George Freeman Bragg, Jr.

Bragg foi reitor da Igreja Episcopal de St. James em Lafayette Square, Baltimore, de 1891 a 1940.

Em 1899, Bragg e outros assumiram a responsabilidade pelo incipiente “Simmons Home”, um precursor do Great Kids Farm, que na época era um orfanato para crianças afro-americanas localizado em Baltimore. O nome foi mudado para Maryland Home for Friendless Colored Children e continuou como um lugar de refúgio e educação para adolescentes do sexo masculino.

Em 1912, uma fazenda de 33 acres foi comprada no condado de Baltimore e a escola realocada. Naquela época, os alunos ficavam no local onde aprenderam habilidades em agricultura, carpintaria e alvenaria. Eles também construíram alguns dos edifícios que ainda estão em uso hoje.

Bragg também foi historiador, editor de jornal e defensor da justiça. Ele morreu em 1940. A Diocese de Maryland vendeu a propriedade para as Escolas da Cidade de Baltimore na década de 1950.

O dia da festa de Bragg, 3 de agosto, está incluído em Holy Women Holy Men, uma revisão importante das Festas e Jejuns Menores, a comemoração da igreja de vários santos e ocasiões não incluídas como dias sagrados principais no calendário do Livro de Oração Comum. Holy Women Holy Men está atualmente em teste de uso pela Igreja Episcopal.

O primeiro Dia de Serviço, que pretendia ser um evento anual, começou com um pequeno programa que incluía oração, uma história da fazenda oferecida pela voluntária Diana Cohen e a história pessoal de Marc Cold como estudante na fazenda nos anos 1970. O evento, que comemora o 100º aniversário da fundação do Lar de Maryland para Crianças de Cor sem Amigos, foi apoiado pela Fazenda Amigos da Grande Criança e pela Diocese de Maryland.

Leyla Robinson, de dez anos, filha do Rev. Allen Robinson, reitor da Igreja de St. James, e sua esposa Allison, lêem a coleção do dia.

Cold compartilhou sua história de crescer em um lar adotivo e ser insultado por outros alunos. Na década de 1970, a escola forneceu um refúgio seguro para Cold e outras pessoas do sistema de assistência social que pegavam um ônibus para o condado cinco dias por semana. Foi lá que os adolescentes do sexo masculino puderam compartilhar suas experiências e aprender uns com os outros sem serem provocados pelos colegas, explicou Cold, que agora é casado e tem filhos.

Na manhã do dia 4 de agosto, tentando evitar o calor que viria no final do dia, o grupo do Dia de Serviço foi dividido em dois e rapidamente aparou e capinou canteiros de hortelã, orégano e azeda.

Uma equipe era liderada por Beth Mathie, professora de ciências certificada, e a outra por Greg Strella, gerente da fazenda. Crianças e jovens gostavam de alimentar as cabras. Seus esforços ajudaram a preparar o Great Kids Farm para outra temporada acadêmica.

Por muitos anos, o sistema escolar usou o local como um centro de natureza e horticultura. Em 2008, a Friends of Great Kids Farm foi organizada para apoiar uma nova e criativa iniciativa da Escola Municipal de Baltimore.

Hoje, o Great Kids Farm é muito mais do que um destino de viagem de campo.

Com foco na agricultura e no meio ambiente, é uma fazenda em atividade que destaca a ciência alimentar, a agricultura e os animais e está totalmente integrada ao currículo geral. Alunos do nono ao décimo segundo ano têm estágios remunerados e alunos e professores vêm para aprender como cultivar jardins na cidade.

Os vegetais da Great Kids Farm são vendidos no mercado de um fazendeiro local e comprados em restaurantes locais.

Neste outono, um programa de artes culinárias será adicionado. Além disso, um estagiário do Corpo de Serviço Episcopal da Gilead House se juntará à equipe em setembro.

- A Rev. Angela F. Shepherd é cônego missionário na Diocese Episcopal de Maryland.


Tags